Gases do efeito estufa: saiba quais são os principais gases

imagem de Greenhouse effect t2

O efeito estufa é um fenômeno causado pelo acúmulo de gases poluentes na atmosfera do planeta. Esses gases retêm parte da radiação solar, impedindo que ela escape de volta para o espaço e, consequentemente, aquecendo o planeta. Mas, você sabe quais são os gases do efeito estufa?

Esse conhecimento é muito importante, pois à medida em que conhecemos os principais poluentes e seus emissores, podemos criar mecanismos para frear o efeito estufa e o aquecimento global.

Quais as consequências do efeito estufa?

A consequência direta desse fenômeno é o aquecimento global. Então, quando a temperatura média sobe de forma desregulada, nosso planeta passa a sofrer sérios problemas:

  • Derretimento das calotas polares e aumento dos níveis dos oceanos;
  • Alterações climáticas que causam fenômenos naturais devastadores;
  • Extinção de espécies sensíveis às mudanças climáticas.

Quer entender como funcionam os gases do efeito estufa? Então confira o vídeo abaixo do canal Minuto da Terra.

Quais são os principais gases do efeito estufa?

Há muitos gases que contribuem para o aquecimento de nosso planeta, mas alguns deles são mais prejudiciais. Por isso, separamos os principais, sobre os quais medidas precisam ser tomadas de forma imediata para frear o efeito estufa.

CO2

O dióxido de carbono é apontado como um dos maiores causadores do efeito estufa, constituindo 55% das emissões mundiais de gases responsáveis por esse fenômeno.

Apesar de ser produzido naturalmente pela respiração e pela decomposição, seus níveis têm aumentado de forma descontrolada devido à queima de combustíveis fósseis e às queimadas não autorizadas, que além de liberar o CO2, ainda prejudica a cobertura vegetal que ajuda a controlar os níveis desse gás.

CH4

Em segundo lugar em nossa lista dos gases do efeito estufa, temos o Metano. Ele constitui 18% das emissões de gases do aquecimento global. Trata-se de um gás incolor, inodoro e com difícil solubilidade em água.

Apesar de ele permanecer pouco tempo na atmosfera se comparado ao CO2, sua capacidade de causar aquecimento é bem maior. Além disso, ele produz outros gases do efeito estufa.

Mas, o Metano é produzido de forma natural por processos biológicos, atividades térmicas, dentre outros. Porém, o grande problema é que a ação do homem contribui para elevar esses níveis.

As maiores emissões de Metano são provenientes da pecuária, através do estômago de bovinos, ovinos e de depósitos de esterco.

N2O

O óxido nitroso é um gás incolor e tem um cheiro do qual muitas pessoas gostam. Ele pode ser produzido naturalmente pelas florestas e oceanos.

Mas, seu aumento na atmosfera se deve principalmente pela atividade agrícola, e em menor proporção pela queima de biomassa.

Esse gás não é tão presente na atmosfera como outros que já citamos. Mas, ele preocupa muito, pois seu efeito estufa é até 300 vezes maior do que a do dióxido de carbono, e sua presença na atmosfera pode durar até 150 anos.

CFCs

Este gás é um grande causador do efeito estufa e também um poderoso destruidor da camada de ozônio.

Os clorofluorcarbonetos são compostos de carbono, flúor e cloro. Antigamente, eles eram amplamente usados em geladeiras, ar condicionados e aerossóis. Mas, seu uso foi proibido quando se identificou o quanto ele era prejudicial à camada de ozônio.

Mas há lugares onde ele ainda está em uso. Na China, por exemplo, descobriu-se que muitas empresas utilizam esse componente por ser mais barato, apesar da proibição.

O3

O ozônio estratosférico faz parte de uma lista secundária dos gases do efeito estufa, pois sua formação não se dá diretamente pela ação do homem, mas sim pela reação do ozônio com outros poluentes.

Na estratosfera esse gás é encontrado naturalmente e ajuda a proteger o planeta da radiação. Mas quando se forma na troposfera é altamente prejudicial, principalmente por ter um poder de reter a radiação muito maior que o CO2.

Espero que nossa breve lista tenha ajudado você a entender mais sobre os gases do efeito estufa e o aquecimento global.

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Interessado em créditos de carbono, mercado ESG e como criar um planeta mais sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que significa sustentabilidade? Entenda! Qual a diferença entre efeito estufa e aquecimento global?