O que é ESG: entenda seu significa e como impacta sua vida

o que é esg: animação que representa boas práticas sociais

Quer saber o que é ESG? Então você está no lugar certo. Nesta matéria, você encontra tudo sobre ESG e como ele impacta nossas vidas.

Nos tempos em que vivemos não há mais espaço para empresas que não tenham responsabilidade ambiental, social e com sua gestão. Então, é neste contexto que a sigla ESG se torna tão importante.

Essa sigla ficou extremamente popular no mercado financeiro, pois tornou-se uma preocupação constante dos investidores. Mas, você sabe o que significa ESG e qual o impacto que ela tem em nossa vida?

Se ficou curioso, leia o texto até o fim, pois iremos elucidar essas questões de forma rápida e didática.

O que significa ESG?

Antes de entender o que é ESG, vamos começar com algo muito importante: definir o significado dessa sigla, assim já teremos uma boa ideia de como tudo isso funciona. Sendo assim, ESG é a abreviação dos termos em inglês:

  • Environmental
  • Social
  • Governance.

Em uma tradução livre temos: ambiental, social e governança. Ou seja, essa sigla representa quais são os princípios que devem nortear o trabalho das empresas modernas.

O que é ESG?

A ESG é uma forma de se medir o quanto uma empresa se importa com questões ambientais, sociais e de gestão e que atitudes ela está tomando para melhorar nesses quesitos.

Além disso, a sigla também se tornou popular no mercado financeiro, onde investidores procuram por projetos e empresas que levem em consideração coisas que vão muito além dos lucros, como por exemplo a proteção do meio ambiente.

Mas para que tudo fique ainda mais claro, vamos falar um pouco sobre cada letra dessa importante sigla:

  • Environmental: neste quesito temos as questões ambientais sobre as quais uma empresa deve desenvolver práticas eficazes. Incluindo a preocupação com a poluição da água, do ar, o desmatamento, a emissão de gases causadores do efeito estufa e muito mais.
  • Social: toda empresa precisa ficar atenta ao seu papel social. Para isso é importante se relacionar bem com os funcionários e com a comunidade, o que pode ser expressado através de uma equipe diversa, adequação às leis trabalhistas e proteção às informações de clientes.
  • Governance: neste quesito temos práticas essenciais que a empresa precisa adotar para um bom funcionamento interno, como a criação de um canal de denúncias, boas condutas corporativas e muito mais.

Ainda na dúvida? Dê uma olhada nesse vídeo feito pelo pessoal do Infomoney sobre o que é o ESG e como ele impacta o mundo.

Quando surgiu a ESG?

O pensamento de que as corporações precisam criar mecanismos para um desenvolvimento sustentável e que vise a preservação ambiental, não é novo. E ao longo do tempo, muitos termos e medidas foram criadas para fortalecer essa ideia.

Por isso, uma das medidas encontradas foi a diminuição de investimentos em empresas que não eram ambientalmente responsáveis. Essa preocupação acabou se juntando a outras ideias importantes, que valorizavam instituições que tinham um lado voltado para o social e para a governança.

Assim, a sigla ESG surgiu oficialmente em 2004, no relatório Who cares Wins“ (na tradução livre, Quem se importa vencer), que teve como idealizador na menos que Kofi Annnan, secretário-geral da ONU no período. Ele tinha como objetivo que as empresas direcionassem seus investimentos para projetos que respeitassem o meio ambiente, a sociedade e boas práticas de governança.

Qual a importância do ESG em nossas vidas?

A política ESG serve para medir o engajamento das empresas diante de assuntos sociais, ambientais e de boa governança. Ao utilizar essas boas práticas como norteador, a sociedade pode medir o impacto das ações de um empresa para o planeta.

Assim, práticas cada vez mais sustentáveis são adotadas, como produção de embalagens recicláveis, a diminuição da produção de plástico e muito mais.

E não podemos nos esquecer como os outros pilares do ESG influenciam em nossas vidas, já que ele é fundamentado para alcançarmos os principios do Pacto Global e para garantir que as empresas criarão projetos para a comunidade, ajudarção no desenvolvimento de eventos culturais, etc.

Já na área da governança, teremos empresas mais focadas em transparência, valorização dos seus colaboradores e disposição para ouvir ideias que não tenham origem apenas nos cargos mais altos.

Tudo isso influencia diretamente em nossas vidas, podendo ajudar na criação de um mundo muito melhor para se viver.

Como sigo as práticas ESG?

Como define o site do Pacto Global, ESG não é nada mais que sustentabilidade empresarial. Se você quer aplicar práticas ESG, basta garantir que os impactos negativos causados pela empresa estão mapeados e ações positivias estão sendo feitas para potencializar o retorno para a sociedade.

Se você quer ter um checklist de como aderir a práticas ESG, basta garantir que sua empresa está em conformida com os principios do Pacto Global e os Objetivos de desenvolvimento sustentaveis da Onu (ODS). Se você não conhece nenhum deles, confira abaixo.

Dez Princípios do Pacto Global

Confira abaixo quais são os 10 princípios do Pacto Global.

  • Respeito e apioar os direitosw humanos reconhecidos internacionalmente na sua área de influência;
  • Assegurar a não participação da empresa em violações de direitos humanos.
  • Apoiar a liberdade de associação e reconhecer o direito à negociação coletiva.
  • Eliminar todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.
  • Erradicar todas as formas de trabalho infantil da sua cadeia produtiva.
  • Estimular práticas que eliminem qualquer tipo de discriminação no emprego.
  • Assumir práticas que adotem uma abordagem preventiva.
  • Desenvolver iniciativas e práticas para promover e disseminar a responsabilidade socioambiental.
  • Incentiar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente responsáveis.
  • Combater a corrupção em todas as suas formas, incluindo a extorsão e o suborno.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Confira abaixo quais são os 17 objetivos sustentaveis da ONU.

  • Erradicação da pobreza
  • Fome zero e agricultura sustentável
  • Saúde e bem-estar
  • Educação de qualidade
  • Igualdade de gênero
  • Água potavel e saneamento
  • Energia Limpa e acessivel
  • Trabalho decente e crescimento econômico
  • Industria, inovação e infraestrutura
  • Redução das desigualdades
  • Cidades e comunidades sustentavéis.
  • Consumo e produção responsável.
  • Ação contra a mudança global do clima
  • Vida na água
  • Vida terrestre
  • Paz, justiça e instituições eficazes
  • PArcerias e meio de implementação.

Quais empresas brasileiras adotaram o ESG?

São muitas empresas que realmente se mostram preocupadas com questões ambientais e outros assuntos importantes. E, diante de um público que também se interessa cada vez mais pela preservação ambiental, é essencial oferecer soluções que sigam esse pensamento.

Quer saber mais sobre elas? Temos uma matéria com uma lista de empresas ESG brasileiras.

Gostou de conhecer mais sobre o que é ESG? Então acesse o blog do Menos Carbono  e acesse outros conteúdos que podem ser interessantes para você e sua empresa.

Leo Cruz

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Interessado em créditos de carbono, mercado ESG e como criar um planeta mais sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que significa sustentabilidade? Entenda! Qual a diferença entre efeito estufa e aquecimento global?